Mais curta, porém bastante técnica, sétima etapa desafiou pilotos e navegadores na Ilha do Bananal, no Tocantins. Em Palmas, sábado é dia de descanso e de recuperar forças e equipamento para encarar segunda metade do rally.

 

Um sábado sem máquinas e homens em ação no Sertões BRB. Como previsto no regulamento da competição, o dia é de descanso para pilotos e navegadores, embora seja de muito trabalho para os mecânicos. O maior rally do mundo fechou, na capital do Tocantins, sua metade inicial, completando a primeira das duas maratonas (estágios cronometrados em que apenas os próprios participantes podem fazer a manutenção dos veículos). Até agora fora 4.065km de percurso, dos quais 2.358km de trechos cronometrados, ou seja, os competidores já completaram 56% do trajeto.

A sexta-feira testou carros, motos e UTVs em uma região de rara beleza. Maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal, entre os rios Araguaia e Javaés foi palco de uma especial curta (143 quilômetros), mas bastante técnica e exigente. Estradas estreitas e sinuosas cercadas por pedras, arbustos e árvores marcaram a sétima etapa, batizada de “Filhos deste solo”. Com cenários que lembravam as savanas africanas.

Nas motos, o catarinense Ricardo Martins (Yamaha WR 450F/IMS Yamaha), campeão de 2020, foi o mais rápido pela primeira vez nesta edição. Resultado que confirma o terceiro posto na geral. Segundo melhor do dia, Bissinho Zavatti (Honda CRF 450RX/Honda Racing) consolidou sua liderança no acumulado, em terceiro no dia ficou Tulio Malta (Yamaha WR 450F, (2)MT2). Um dos destaques nas duas rodas foi a quarta posição de Marco Antônio Pereira (KTM 450 EXC/Adventour Brasil), que comanda na Self.

Entre os UTVs, Rodrigo Luppi e Maykel Justo (Can-Am Maverick/Luppi Racing Team) também venceram sua primeira etapa no Sertões BRB dos 30 anos, o sexto vencedor diferente em sete etapas. A experiente dupla já havia conquistado no começo do ano um estágio do Dakar e agora aparece em quarto na classificação geral, comandada por Rodrigo Varela e Matheus Mazzei (Can-Am Maverick/Varela Racing).

Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio (Toyota Hilux DKR T1+/MEM) confirmaram o domínio nos carros ao vencer pela quinta vez. Em segundo no dia, Sylvio de Barros e Rafael Capoani (Toyota Hilux V8 IMA/X Rally) fizeram seu melhor resultado este ano. Na soma das etapas, Lucas e Kaíque têm 6min10 de vantagem para Marcos Baumgart e Kleber Cincea (Toyota Hilux V8 IMA/X Rally). Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs (Buggy Century CR6/Baja Tek) vêm em terceiro, a 12min03.

Além do descanso, o sábado (3) também marcará a premiação aos melhores do Sertões Sul, composto pelas sete primeiras etapas. Ao mesmo tempo, fechará a preparação de pilotos e navegadores que se juntam à caravana a partir de domingo, para o Sertões Norte, com término em Salinópólis, assim como o percurso completo.

 

Etapa 7 – Filhos deste solo – 2/9 – Sexta-feira

São Félix do Araguaia (MT) – Palmas (TO)

DI – 13

TE – 143

DF – 425

TOTAL: 581

 

* DI = Deslocamento inicial. TE = Trecho Especial. DF = Deslocamento Final

 

Resultado (extra-oficial)

CARROS

1) #323 Lucas Moraes/Kaíque Bentivoglio, Toyota Hilux Overdrive T1+, (1)T1F, 1h38min21

2) #303 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, Toyota Hilux IMA V8, (2)T1F, 1h41min01

3) #305 Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, Buggy Century CR6, (1)T1F, 1h41min07

4)#304 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, Toyota Hilux IMA V8, (3)T1F, 1h41min16

5) #350 Julio Capua/Bina Cavassin, Toyota Hilux Overdrive T1+, (4)T1F, 1h42min45

 

MOTOS

1) #04 Ricardo Martins, Yamaha WR 450F, (1)MT1, 1h44min40

2) #06, Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX, (1)MT2, 1h46min39

3) #05 Tulio Malta, Yamaha WR 450F, (2)MT2, 1h46min52

4) #14 Marco Antônio Pereira, KTM EXC 450, (1)MT3, 1h47min52

5) #19 Gabriel Soares, Honda CRF 450RX, (2)MT2, 1h48min12

 

UTV

1) #227 Rodrigo Luppi/Maykel Justo, Can-Am Maverick, (1)UT1, 1h42min51

2) #203 Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick, (1)UOP, 1h44min05

3) #202 Deni Nascimento/Gunnar Dums, Can-Am Maverick, (2)UT1, 1h44min50

4) #220 André Hort/Idali Bosse, Can-Am Maverick, (3)UT1, 1h46min07

5) #216 Rodrigo Varela/Matheus Mazzei, Can-Am Maverick, (4)UT1, 1h46min27

 

Classificação geral

CARROS

1) #323 Lucas Moraes/Kaíque Bentivoglio, Toyota Hilux Overdrive T1+, (1)T1F, 24h56min41

2) #304 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, Toyota Hilux IMA V8, (3)T1F, a 6min10

3) #305 Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, Buggy Century CR6, (2)T1F, a 12min03

4) #350 Julio Capua/Bina Cavassin, Toyota Hilux Overdrive T1+, (4)T1F, a 1h05min51

5) #314 Mauro Guedes/Filipe Palmeiro, Ford Ranger V8 T1, (1)T1B, a 2h07min16

 

MOTOS

1) #06 Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX, (1)MT2, 27h12min42

2) #21 Martin Duplessis (ARG), Honda CRF 450RX, (1)MT1, a 23min24

3) #04 Ricardo Martins, Yamaha WR 450F, (2)MT1, a 30min34

4) #02 Jean Azevedo, Honda CRF 450RX, (3)MT1, a 38min22

5) #19 Gabriel Soares, Honda CRF 450RX, (2)MT2, a 57min48

 

UTV

1) #216 Rodrigo Varela/Matheus Mazzei, Can-Am Maverick, (1)UT1, 27h50min50

2) #203 Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick, (1)UOP, a 6min40

3) #301 Deninho Casarini/Ivo Mayer, Can-Am Maverick, (2)UT1, a 9min48

4) #227 Rodrigo Luppi/Maykel Justo, Can-Am Maverick, (3)UT1, a 18min13

5) #205 Fábio Pirondi/Marcelo Ritter, Can-Am Maverick, (1)UT2, a 21min50

 

O que eles disseram:

Lucas Moraes, vencedor da etapa Carros

“Foi bem diferente do que a gente vinha fazendo até agora, nada de reta, bastante travado, sinuoso e estreito, mas vencemos mais essa especial. O objetivo era chegar ao Jalapão com uma boa vantagem na geral e o carro inteiro para o descanso, e foi o que conseguimos”.

 

Ricardo Martins, vencedor da etapa Motos

“A etapa tinha um tipo de piso bem diferente, característico da Ilha do Bananal. Trechos de média velocidade e mais travados. A especial não foi fácil, exigiu bastante. Muito bom vencer o dia depois dos contratempos que tive na véspera. Agora é começar um rally novo, ainda tem bastante coisa para acontecer. E o jeito da prova deve mudar daqui em diante”.

 

Rodrigo Luppi, vencedor da etapa UTV

“Nós vínhamos enfrentando problemas desde o primeiro dia, detalhes, mas conseguimos uma etapa limpa, o Maykel (Justo, navegador) foi perfeito e conseguimos um bom ritmo. A especial foi técnica, sem margem para erro, não podíamos deixar o carro escapar. Estou contente, já que seremos os primeiros a largar na segunda maratona, entrando no Jalapão”.

 

3/9 – Sábado – Descanso: CBMM Day 

Dia de descanso, que é obrigatório por questões de regulamentos internacionais pela quantidade de quilômetros rodados em sequência (foram 4.065 até aqui). O dia é patrocinado pela CBMM e terá como ponto alto uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça.

 

Siga-nos em nossas redes sociais e saiba tudo sobre o SERTÕES BRB:

Site: www.sertoes.com

Instagram: @sertoes

Facebook: https://www.facebook.com/sertoesoficial

Youtube.com/sertoesoficial

Twitter.com/sertoesoficial

 

Comunicação Sertões BRB

Meg Cotrim

11.99182 8180

Rodrigo Gini

31.99616 4179

Daniel Betting

11.97030 7755

Aline Ben da Costa

51 98135 2231

 

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES