Terceira etapa, de Presidente Prudente a Campo Grande, foi marcada por diferenças apertadas e mudanças na liderança das motos e UTVs. Costa Rica é o destino nesta terça-feira.

Briga segundo a segundo, alternância de líderes e um ritmo intenso que não perdoa erros ou contratempos. Se o Sertões BRB é uma prova de resistência – especialmente na mais extensa edição de sua história, que celebra os 30 anos da prova e o Bicentenário da Independência -; as vezes não parece ser o caso. A terceira etapa do desafio, entre Presidente Prudente (SP) e Campo Grande (MS) foi eletrizante, com mexidas na classificação, e reforçou a expectativa de equilíbrio até a linha de chegada, dia 10, em Salinópolis (PA).

Nas duas rodas, os pilotos puderam conferir o belo nascer do sol sobre a ponte que corta o Rio Paraná e divide os dois estados, antes de iniciar a especial de 307 quilômetros – não por acaso, a etapa recebeu o nome de ‘Formoso Céu’. Adrien Metge (Yamaha), que havia vencido os dois primeiros dias e liderava na geral, perdeu tempo com um problema na mousse (a espuma interna) do pneu e fez os últimos 100km cronometrados mais preocupado em completar o percurso. Conseguiu, mas em quinto, a 4min27 do mais rápido: Bissinho Zavatti (Honda). O início de rally consistente do paulista foi premiado nessa segunda-feira com o cordão de líder.

Entre os carros, equilíbrio total. Tetracampeões, Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Toyota Hilux V8 IMA/XRally) venceram a etapa, apenas 31s9 à frente de Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio (Toyota Hilux DKR T1+/MEM). Com Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs (Buggy Century CR6/Baja Tek) a 34s4. Moraes e Bentivloglio mantiveram a ponta na geral, seguidos por Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Toyota Hilux V8 IMA/XRally) e por Gastaldi/Sachs.

Por falar em equilíbrio, ele segue, e forte entre os UTVs. Cristiano Batista e Robledo Nicoletti (Can-Am Maverick/Transmáquinas Racing) foram os terceiros vencedores diferentes de etapa na modalidade. Superaram Deni Nascimento e Gunnar Dums (Can-Am Maverick/Bompack) por 3s2.  De quebra, assumiram a liderança, também por uma margem apertada – 23s de vantagem sobre Rodrigo Varela e Matheus Mazzei (Can-Am Maverick/Varela Racing).

Aventura

O destino na quarta das 14 etapas do Sertões BRB, batizada de ‘Nossos Bosques’ é Costa Rica, a capital sul-matogrossense do esporte de aventura, repleta de belezas naturais e também conhecida pela lavoura de algodão. Totalmente inédita, ela desafiará os competidores com muito cascalho, mata burros, pontes, erosões e lombas. Alterna partes velozes com outras mais travadas, o que exige pilotagem e navegação afinadas. Como, aliás, é a tônica ao longo de todos os 7.202 quilômetros que levam a caravana de Foz do Iguaçu (PR) a Salinópolis (PA).

 

O que eles disseram:

Cristian Baumgart, vencedor da etapa Carros

“Nos dois primeiros dias enfrentamos um pneu furado e dificuldades com a poeira de outro concorrente. Espero que tenha sido a nossa cota. Desta vez imprimimos um ritmo forte desde o começo, sem erros. Ainda tem muito chão pela frente, a diferença não é tão pequena, mas vamos seguir com nossa estratégia”

 

Bissinho Zavatti, vencedor da etapa Motos

“Claro que quando se ganha uma etapa ela fica incrível, mas de todo modo foi um dia muito interessante. Começou com retas mais largas e muitas lombas que exigiram navegação; depois entramos em canaviais e a última parte lembrou as especiais do WRC. Continuo preocupado em não cometer erros e preservar a moto, avançando passo a passo”.

 

Cristiano Batista, vencedor da etapa UTVs

“O início da especial foi bastante rápido, saltamos bastante, mas fizemos realmente a diferença no trecho mais sinuoso, que é o que eu mais gosto. Conseguimos ser constantes até agora e é isso que vai fazer a diferença mais à frente”.

 

Etapa 3 – Formoso Céu – 29/8 – Segunda-feira

Presidente Prudente (SP) – Campo Grande (MS)

DI – 135; TE – 307; DF – 344 = TOTAL: 786

* DI = Deslocamento inicial. TE = Trecho Especial. DF = Deslocamento Final.

 

CARROS

1) #301 Cristian Baumgart/Beco Andreotti, Toyota Hilux IMA V8, (1)T1F, 3h25min21

2) #323 Lucas Moraes/Kaíque Bentivoglio, Toyota Hilux Overdrive T1+, (2)T1F, 3h25min53

3) #305 Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, Buggy Century CR6, (3)T1F, 3h25min55

4) #304 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, Toyota Hilux IMA V8, (4)T1F, 3h26min41

5) #303 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, Toyota Hilux IMA V8, (5)T1F, 3h29min35

 

MOTOS

1) #06, Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX, (1)MT2, 3h36min32

2) #04 Ricardo Martins, Yamaha WR 450F, (1)MT1, 3h37min39

3) #19 Gabriel Soares, Honda CRF 450RX, (2)MT2, 3h37min59

4) #02 Jean Azevedo, Honda CRF 450RX, (2)MT1, 3h40min13

5) #01 Adrien Metge, Yamaha WR 450F, (3)MT1, 3h41min00

 

UTV

1) #203 Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick X3, (1)UOP, 3h42min39

2) #202 Deni Nascimento/Gunnar Dums, Can-Am Maverick X3, (1)UT1, 3h42min42

3) #207 Tomas Luza/Robson Schuinka, Can-Am Maverick X3, (1)UT2, 3h43min35

4) #208 Edu Piano/Solon Mendes, Can-Am Maverick X3, (2)UOP, 3h44min10

5) #205 Fábio Pirondi/Marcelo Ritter, Can-Am Maverick X3, (2)UT2, 3h44min22

 

Classificação geral

CARROS

1) #323 Lucas Moraes/Kaíque Bentivoglio, Toyota Hilux Overdrive T1+, (1)T1F, 9h34min23

2) #304 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, Toyota Hilux IMA V8, (2)T1F, a 2min10

3) #305 Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, Buggy Century CR6, (3)T1F, a 2min19

4) #301 Cristian Baumgart/Beco Andreotti, Toyota Hilux IMA V8, (4)T1F, a 5min11

5) #303 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, Toyota Hilux IMA V8, (5)T1F, a 11min54

 

MOTOS

1) #06 Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX, (1)MT2, 10h02min28

2) #01 Adrien Metge (FRA), Yamaha WR 450F, (1)MT1, a 1min23

3) #04 Ricardo Martins, Yamaha WR 450F, (2)MT1, a 3min50

3) #21 Martin Duplessis (ARG), Honda CRF 450RX, (3)MT1, a 12min34

5) #02 Jean Azevedo, Honda CRF 450RX, (4)MT1, 3h41min10

 

UTV

1) #203 Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick X3, (1)UOP, 10h09min10

2) #216 Rodrigo Varela/Matheus Mazzei, Can-Am Maverick, (1)UT1, a 23s

3) #205 Fábio Pirondi/Marcelo Ritter, Can-Am Maverick, (1)UT2, a 53s

4) #204 Reinaldo Varela/Aristóteles Fiúza, Can-Am Maverick, (2)UOP, a 3min32

5) #215 Bruno Varela/Gabriel Bortolanza, Can-Am Maverick, (2)UT1, a 5min27

 

Etapa 4 – Nossos Bosques – 30/8 – terça-feira

Campo Grande (MS) – Costa Rica (MS)

DI – 64

TE- 382

DF – 31

TOTAL: 477

 

“Um campo grande ê, um campo grande êê”. Apesar de parecer, a música dos Novos Baianos não se refere à cidade em que larga a quarta etapa do maior rally do mundo. Enquanto a música festiva fala de um bairro de Salvador, a história desta cidade começa de uma maneira muito menos alegre.

Seus primeiros moradores eram habitantes do triângulo mineiro, fugidos da Guerra do Paraguai. Mas o que estes refugiados viram ao chegar no “Campo Grande de Vacaria” em 1870, reflete também o presente e o nome dado a esta etapa, um lugar de terras férteis onde “Nossos Bosques têm mais vida”.

Já para os competidores, o importante nesta especial será “não marcar touca”, já que se trata de uma especial em três atos distintos e desafiadores. A prova começa com muitas erosões e mata-burros que vão testar os estômagos dos rallyzeiros. Após o primeiro abastecimento, ela entra numa região onde se torna uma prova travada, de menor velocidade. Após o segundo abastecimento, ela se torna rápida! Mas vai se dar mal quem pisar fundo sem atenção, pois as lombas voltam ao cenário para produzir os saltos que amamos ver!

E é falando em salto que chegamos em uma maravilha escondida bem no final da especial. Já próximo da cidade de Costa Rica fica o desconhecido de muitos brasileiros Salto do Sucuriú, uma série de cachoeiras de até 64 metros de altura, como o “Salto Majestoso” e o “Saltinho” que fecham a especial com lindas imagens.

 

Siga-nos em nossas redes sociais e saiba tudo sobre o SERTÕES BRB:

Site: www.sertoes.com

Instagram: @sertoes

Facebook: https://www.facebook.com/sertoesoficial

Youtube.com/sertoesoficial

Twitter.com/sertoesoficial

 

 

Comunicação Sertões BRB

Meg Cotrim

11.99182 8180

Rodrigo Gini

31.99616 4179

Daniel Betting

11.97030 7755

Aline Ben da Costa

51 98135 2231

 

 

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES