O dia foi marcado por trechos encharcados, que acarretaram problemas ao equipamento de alguns competidores. Caselani, Batista/Robledo e Spinelli/França foram os vitoriosos do dia, respectivamente nas Motos, UTVs e Carros. Campeões serão conhecidos neste sábado.

 

Entrou água no primeiro dia do Rally de São Paulo, etapa do Sertões Series e do Brasileiro de Rally Cross-Country CBA e CBM. Pelo menos no percurso de 254 quilômetros cronometrados com largada e término em Ilha Comprida, as chuvas dos últimos dias empoçaram o terreno de um dos trechos e aumentaram o desafio dos pilotos e navegadores. E ainda houve uma primeira parte de alta velocidade na areia da extensa faixa litorânea da Praia do Boqueirão do Norte, em Ilha Comprida, local da largada.

 

Os competidores passaram por Cananéia, Iguape, Jacupiranga e Pariquera Açu e confirmaram a promessa de um roteiro com diferentes tipos de piso e características. O que prossegue neste sábado, quando outros 230 km de especial vão apontar os campeões da prova.

 

Nas motos, o mais rápido do dia foi o gaúcho Gregório Caselani (Honda), seguido por Ricardo Martins (Yamaha). O catarinense enfrentou problemas de água no motor, não tão sérios quanto os que atrasaram o francês Adrien Metge, vencedor do Sertões 2021 – na tentativa de recuperar terreno, ainda sofreu uma queda sem gravidade, cenário que praticamente o tira da briga pela vitória.

 

Entre os carros, Guiga Spinelli não se intimidou com o fato de acelerar pela primeira vez o Buggy Giaffone V8 4×2 da R.Mattheis, nem de andar pela primeira vez com Flávio França como navegador. O pentacampeão do Sertões conseguiu se livrar das armadilhas do caminho para vencer a especial, com uma vantagem confortável para os segundos colocados Cristiano Rocha/Gustavo Lourenço (Mitsubishi Triton). Fortes candidatos à conquistar o rally, Júlio Capua e Luiz Felipe Eckel foram vítimas da água que se infiltrou no motor da picape Toyota Hilux V8 T1 FIA e os obrigou a parar com cerca de 60km da especial.

 

As diferenças entre os UTVs não foram apertadas como de costume – sinal de que o dia foi extremamente exigente com homens e máquinas. Cristiano Batista e Robledo Nicoletti (Can-Am Maverick X3) foram os mais rápidos, menos de uma semana depois de disputar a Baja Portalegre 500, em Portugal. Superaram os catarinenses Denísio do Nascimento e Idali Bosse (Can-Am Maverick X3), dupla atual bicampeão do Sertões,  por 47 segundos.

 

ASPAS

Guiga Spinelli (carros)

“Em alguns pontos a água era tanta que vinham ondas dentro do carro. Depois foi bem divertido, uns trechos mais estreitos e difíceis para um carro com tração traseira, mas viemos bem. Foi uma boa experiência”.

 

Gregório Caselani (motos)

“A especial começou com um trecho muito rápido na praia, 160km/h o tempo todo, muitas poças, depois partes sinuosas, de trilha mesmo, com um fim bastante veloz em estrada de chão. Uma prova muito bem montada numa região em que eu sempre gostei de andar. Pronto para o segundo dia”.

 

Cristiano Batista (UTV)

“Enfrentamos todo o tipo de terreno, inclusive água, bastante água. Acredito que a prova vai se definiu em favor de quem teve mais habilidade e paciência para passar pela água. Foi uma especial bastante completa, técnica, me diverti muito. Viemos em um ritmo bom mesmo errando na escolha do pneu. Por causa do trecho da praia, optamos por um pneu maior que nos dificultou no restante da prova, mas não comprometeu o resultado”.

 

SÁBADO 6/11 – 2ª ETAPA

D.I. 18km – T.E. 230km – D.F. 23km

TOTAL: 271KMS.

 

7h00   – Largada 1ª moto na Especial

Local: Arena de Eventos – Praia do Boqueirão Norte

Av. Beira Mar 13.400  – Ilha Comprida – SP

11h00 – 12h00 – Premiação Concurso de Artes e Sabores do Sertões

14h00 – 18h00 – Chegada Promocional e Premiação

 

ZONA DE ESPECTADOR

Pariquera-Açu

09h00 às 13h00

Local: Av. Dr. Carlos Botelho

 

Jacupiranga

09h30 às 13h30

Local: Prefeitura – Av. 23 de Junho

 

 Iguape

11h00 – 15h00

Local:Praça da Basílica

Rua Tiradentes – Centro

 

RESULTADOS EXTRA OFICIAL

Primeira etapa

Ilha Comprida/Cananéia/Jacupiranga/Pariquera Açu/Ilha Comprida

D.I. 0km – T.E. 254km – D.F 18km

TOTAL: 272KMS.

 

CARROS

1) #302 Guiga Spinelli/Flávio França, Buggy Giaffone V8, 5h01min19

2) #371 Cristiano Rocha/Gustavo Lourençon, Mitsubishi L200 Triton, a 4min42

3) #351 Paulo Góes/Jefferson Teixeira, Mitsubishi L200 Triton, a 8min05

4) #138 Gunter Hinkelman/Deco Muniz,  Can-Am Maverick X3, a 20min37

5) #365 Alessandro Tozoni/Christina Xavier,  Mitsubishi L200 Triton, a 22min01

 

MOTOS

1) #7 Gregório Caselani, Honda CRF 450RX, 4h52min36

2) #2 Ricardo Martins, Yamaha WR 450F, a 3min02

3) #6 Bissinho Zavatti, Honda CRF 450RX, a 3min45

4) #10 Vítor Siqueira, KTM 450 EXC, a 5min01

5) #3 Jean Azevedo, Honda CRF 450RX, a 6min09

 

UTV

1) #110 Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick X3, 4h55min59

2) #102 Denísio do Nascimento/Idali Bosse, Can-Am Maverick X3, a 47s8

3) #115 Guilherme Benchimol/Daniel Spolidorio, Can-Am Maverick X3, a 2min41

4) #118 Fábio Pirondi/Marcelo Ritter,  Can-Am Maverick X3, a 4min02

5) #133 Pedro Mac Dowell/Caio Spolidorio,  Can-Am Maverick X3, a 5min16

 

Siga-nos em nossas redes sociais e saiba tudo sobre o RALLY DE SÃO PAULO:

Site: www.sertoes.com

Instagram: @sertoes

Facebook: https://www.facebook.com/sertoesoficial

Youtube.com/sertoesoficial

Twitter.com/sertoesoficial

Baixe o APP do Sertões – disponível nas versões Android e IOS.

 

Comunicação Sertões

Meg Cotrim

11 99182-8180

 

Rodrigo Gini

31 99616-4179

 

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES