Primeiro dia da Maratona traz desafio inédito no Sertões

Etapa ‘Laço do Vaqueiro’, em torno de São Raimundo Nonato (PI) provocou mudança de líder nas motos, com nova vitória de Adrien Metge. Disputa espetacular nos UTVs, decidida por quatro décimos de segundo. Nos Quads e Carros liderança se mantém. Amanhã etapa Maratona, rumo a Xique-Xique.

O Sertões chega quase à metade. Quatro etapas de nove concluídas. Mas o principal desafio está por vir nesta quarta-feira 18/08. É o dia da primeira perna da etapa Maratona – em que apenas os competidores podem fazer a manutenção de seus veículos, sem ajuda externa. E mais: vão enfrentar um desafio inédito, que vai estabelecer um novo recorde: a maior especial em areia já feita na história. Serão 220km de areia pesada dentro de uma especial de 328km, saindo de São Raimundo Nonato (PI) rumo a Xique-Xique (BA).

A quarta etapa, disputada hoje, trouxe reviravoltas na classificação. Pilotos e navegadores encararam uma etapa em laço – largada e chegada em São Raimundo Nonato (PI). Os 316km cronometrados foram um ‘pacote completo’: início travado; uma sequência mais rápida; trechos duros de trial e piso que se alternou entre o cascalho e a piçarra. Combinação que trouxe diversão, mas também bastante trabalho: causou acidentes (sem gravidade) e quebras. No coração do sertão, o Sertões fez jus ao nome.

A prova tem novo líder nas motos. O francês Adrien Metge (Yamaha) venceu a terceira etapa seguida e subiu uma posição, segundo na geral. Mas em função de uma punição aplicada ao então líder, o gaúcho Gregório Caselani (Honda) por excesso de velocidade numa zona de radar, Metge herdou o cordão do líder. O piloto de Caxias do Sul é agora o 37º na geral. E Jean Azevedo é agora o melhor representante da marca vermelha, a 37s de Metge. Nos Quads, nova vitória de etapa do maranhense Marcelo Medeiros (Yamaha), que ampliou a vantagem sobre o argentino Manuel Andujar (Yamaha).

A disputa dos UTVs merece o adjetivo espetacular. Afinal, como definir uma diferença de quatro décimos de segundo entre vencedor e segundo colocado ao final de mais de 300km cronometrados? Denísio do Nascimento/Idali Bosse (Can-Am) foram, pelo segundo dia, os mais rápidos, à frente dos líderes na geral Rodrigo Varela/Filipe Palmeiro (Can-Am). E se parece pouco, os terceiros colocados do dia – os portugueses Alexandre Miguel/Fausto Mota (Can-Am) – ficaram a apenas três segundos dos vencedores. E tem mais: a dupla quarta colocada, Otavio Leite/Wladimir Grunemberg ficou a 12,8 segundos. A diferença entre os cinco primeiros foi de 1m07. Na geral, Rodrigo/Filipe seguem na liderança, seguido pelos campeões de 2020 Denisio Casarini/Ivo Mayer, a 2m50.

Nos carros Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Toyota), atuais campeões, venceram a segunda de quatro especiais disputadas. A dupla bateu os companheiros de equipe Cristian Baumgart/Beco Andreotti por também escassos 18 segundos.

 

 

O QUE ELES DISSERAM:

Adrien Metge (Motos)

“Estou acostumado à areia com o Dakar e o Jalapão, andei bem nos dois e é um terreno que gosto. A etapa de hoje teve alguns trechos bastante rápidos, mas o trial desafiou bastante”.

Marcos Baumgart (Carros)

“O trial hoje foi o mais complicado, lembrava a Serra da Canastra, pedras bem grandes, passamos com bastante cuidado. Depois abriu bastante e pudemos soltar o carro. Escolhemos um composto mais macio de pneu e o desgaste foi maior do que prevíamos. Sempre é preciso lembrar que já passamos por muita coisa, e ainda temos cinco etapas pela frente. Nosso carro é muito forte na areia, mas temos que administrar, já que é a primeira parte da Maratona”.

Denísio do Nascimento (UTV)

“Foi muito legal a especial e a diferença só mostra como tem muita gente boa na disputa esse ano. Fomos os primeiros a largar e, ´por isso, não tínhamos muita referência. No começo ninguém de trás se aproximou e vimos que estávamos bem. No fim o Rodrigo atacou e me ultrapassou, mas ainda consegui levar mais essa. Na areia teremos que poupar um pouco o equipamento para preservar a correia, já que nossa transmissão é original. Na volta de Xique-Xique para Petrolina pretendo atacar de novo”.

Marcelo Medeiros (Quads)

“De todos os dias até aqui esse foi o melhor. A etapa teve de tudo, começou travada, depois abriu e ficou bastante rápida, ficou travada de novo. Agora vem o areião na Maratona, é o piso que mais encontro no Maranhão, então estou acostumado e gosto de andar. A disputa está muito equilibrada e acredito que vai assim até o fim”.

 

5ª ETAPA (INÍCIO MARATONA)

Quarta-feira 18/08 – São Raimundo Nonato (PI) – Xique-Xique (BA)

DI – 13,77KM TE – 328,75KM DF – 99,75KM

TOTAL: 442,28KM

Xique-Xique

Quem não conhece Severina Xique-Xique? A música composta por João Gonçalves ficou imortalizada na voz de Genival Lacerda. Mas o Xique-Xique que dá nome a etapa não é da música, mas da cidade baiana de Xique-Xique. Será que alguma Severina mora lá? A cidade leva esse nome por causa da vegetação da região, dominada por um cacto chamado Pilosocereus polygonus, que aqui no Brasil é chamado de xiquexique. Que aliás, quando maduro é comestível!

Top five de todos os tempos. Uma especial inesquecível. Nunca antes no Brasil tivemos mais de 200 kms ininterruptos de areia. Ela começa com estradas de média e baixa velocidade com trechos de piçarra e cascalho, seguindo por trechos mais estreitos exigindo muita navegação. Com 116kms percorridos a prova entra nas areias e segue assim até o final da especial. Teremos cascalho e piçarra no início, porém o piso predominante é o arenoso.

 

RESULTADOS – 4ª ETAPA

Terça-feira 17/08 – São Raimundo Nonato (PI) – São Raimundo Nonato (PI).

“Laço do Vaqueiro”

DI – 0KM TE – 316,24KM DF – 4,67KM – TOTAL: 320,92KM

MOTOS

1) #4 Adrien Metge, (1)MT1, Yamaha WR450F, 4h26min59

2) #2 Ricardo Martins, (2)MT1, Yamaha WR450F, 4h29min07

3) #5 Túlio Malta, (1)MT2, Yamaha WR450F, 4h29min55

4) #6 Júlio Zavatti, (2)MT2, Honda CRF450RX, 4h31min06

5) #3 Jean Azevedo, (2)MT1, Honda CRF450RX, 4h31min13

 

QUADS

1) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM700R, 4h46min33

2) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, 4h51min25

3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, 5h06min51

 

UTV

1) #206 Denísio do Nascimento/Idali Bosse, (1)UT1, Can-Am Maverick X3, 4h38min28

2) #205 Rodrigo Varela/Filipe Palmeiro, (2)UT1, Can-Am Maverick X3, 4h38min28

3) #277 Alexandre Miguel/Fausto Mota, (3)UT1, Can-Am Maverick X3, 4h38min31

4) #225 Otávio Leite/Wladimir Grunberg, (1)UT2, Can-Am Maverick X3, 4h38min40

5) #201 Denísio Casarini/Ivo Mayer, (4)UT1, Can-Am Maverick X3, 4h39min35

 

CARROS

1) #301 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, (1)T1FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 14h45min49

2) #302 Cristian Baumgart/Beco Andreotti, (2)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 14h48min28

3) #315 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, (3)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 15h04min44

4) #359 Dan Nacif/Marco Túlio Lana, (1)OP, Buggy Giaffone V8, 15h36min39

5) #368 Julio Capua/Emerson Cavassin, (4)T1FIA, Toyota Hilux V8, 15h38min20

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL

MOTOS

1) #4 Adrien Metge, (1)MT1, Yamaha WR450F, 15h23min22

2) #3 Jean Azevedo, (2)MT1, Honda CRF450RX, 15h23min59

3) #2 Ricardo Martins, (3)MT1, Yamaha WR450F, 15h27min14

5) #6 Júlio Zavatti, (1)MT2, Honda CRF450RX, 15h30min56

6) #5 Túlio Malta, (2)MT2, Yamaha WR450F, 15h32min35

 

QUADS

1) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM700R, 16h14min34

2) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, 16h20min29

3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, 17h22min49

 

UTV

1) #205 Rodrigo Varela/Filipe Palmeiro, (1)UT1, Can-Am Maverick X3, 15h31min48

2) #201 Denísio Casarini/Ivo Meyer, (2)UT1, Can-Am Maverick X3, 15h34min38

3) #216 Tomas Luza/Ana Paula Franciosi, (1)UT2, Can-Am Maverick X3, 15h37min11

4) #211 Gabriel Cestari/Jhonatan Ardigo, (2)UT2, Can-Am Maverick X3, 15h37min41

5) #250 André Hort/Matheus Mazzei, (3)UT1, Can-Am Maverick X3, 15h38min36

 

CARROS

1) #301 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, (1)T1FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 14h45min49

2) #302 Cristian Baumgart/Beco Andreotti, (2)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 14h48min28

3) #315 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, (3)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 15h04min44

4) #359 Dan Nacif/Marco Túlio Lana, (1)OP, Buggy Giaffone V8, 15h36min39

5) #368 Julio Capua/Emerson Cavassin, (4)T1FIA, Toyota Hilux V8, 15h38min20

 

Siga-nos em nossas redes sociais e saiba tudo sobre o SERTÕES:

Site: www.sertoes.com

Instagram: @sertoes

Facebook: https://www.facebook.com/sertoesoficial

Youtube.com/sertoesoficial

Twitter.com/sertoesoficial

 

Comunicação Sertões

Meg Cotrim

11 99182-8180

 

Isis Moretti

11 94241-7141

 

Rodrigo Gini

31 99616-4179

 

 

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES