Edição deste ano do maior rally das Américas conta com recorde histórico de participantes e representantes de outros sete países. Quase 20% do grid é de estreantes. Largada acontece dia 13/08, da Praia da Pipa (RN)

 

Os números são decisivos para definir o vencedor do Sertões. Afinal, são eles que expressam o tempo gasto nos estágios cronometrados e premiam quem completa o percurso mais rápido. Mas também servem para mostrar a cara da edição 2021 do maior rally das Américas e ajudam a contar uma história que começa a ser escrita no próximo dia 13, em Pipa (RN) e termina dia 22/08, em Tamandaré (PE). A começar pelos números do percurso total: 3.615 km, dos quais 2.202 cronometrados (60%), atravessando sete estados do Nordeste (RN, PB, PE, PI, BA, AL, CE) e nove cidades.

 

O desafio será encarado por um número recorde de participantes: 192 veículos (3 quadriciclos; 34 carros, 65 motos e 90 UTVs), com um total de 316 competidores, das cinco regiões do Brasil.  Pilotos e navegadores representam 116 cidades de 21 estados e o Distrito Federal. A participação estrangeira é assegurada por nomes de outros sete países – França, Estados Unidos, Portugal, Argentina, Polônia, Paraguai e Guiana Francesa.

 

Um pelotão variado. O maior contingente se concentra na faixa entre 30 e 50 anos (65%). O mais jovem tem 18 anos e o mais velho 68. Ao todo 14 mulheres estarão em ação. Os estreantes são 55 (17% do grid). No extremo oposto, há quem encare o desafio off-road pela 26ª vez em 29 edições: Jean Azevedo (Motos) e Edu Piano (UTV). Coincidência ou não, os dois são os recordistas de títulos do Sertões, já que ambos venceram a prova sete vezes.

 

A caravana do Sertões 2021 conta com cerca de 1.500 pessoas, o que inclui 300 do staff da organização. E 46 equipes de apoio acompanham os competidores. Números que ajudam a dar uma dimensão do que é hoje uma das principais provas off road  do planeta.

 

ESTADOS REPRESENTADOS: 21 + Distrito Federal

Alagoas (5), Amazonas (2), Bahia (21), Ceará (14), Distrito Federal (7), Espírito Santo (1), Goiás (13), Maranhão (5), Minas Gerais (16), Mato Grosso do Sul (2), Mato Grosso (2), Pará (2), Paraíba (1), Pernambuco (11), Piauí (2), Paraná (23), Rio de Janeiro (16), Rio Grande do Norte (9), Rio Grande do Sul (7), Santa Catarina (29), São Paulo (106) e Tocantins (2).

Regiões: Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul

 

NORTE (04 representantes de 3 cidades):

AMAZONAS (2): Manaus

PARÁ (2): Altamira e Tailândia

 

NORDESTE (68 representantes de 20 cidades):

ALAGOAS (5): Arapiraca e Maceió

BAHIA (21): Barreiras, Feira de Santana, Lauro de Freitas e Luís Eduardo Magalhães

CEARÁ (14): Eusébio, Fortaleza e Maranguape

MARANHÃO (5): São Luís e Urbano Santos

PARAÍBA (1): João Pessoa

PERNAMBUCO (11): Afogados da Ingazeira, Recife e Santa Maria da Boa Vista

PIAUÍ (2): Floriano e Teresina

RIO GRANDE DO NORTE (9): Açú, Natal e Paranamirim

 

CENTRO-OESTE (26 representantes de 16 cidades):

DISTRITO FEDERAL (7): Brasília, Cruzeiro, Guará, Núcleo Bandeirante e Sobradinho

GOIÁS (13): Formosa, Goiânia, Itumbiara, Luziânia, Rio Verde e Vianópolis

MATO GROSSO DO SUL (2): Campo Grande

MATO GROSSO (2): Sinop e Sorriso

TOCANTINS (2): Dianópolis e Ponte Alta do Tocantins

 

SUDESTE (139 representantes de 49 cidades):

ESPÍRITO SANTO (1): Marechal Floriano

MINAS GERAIS (16): Belo Horizonte, Juiz de Fora, Lagoa da Prata, Nova Lima, Pará de Minas, Patos de Minas, Ponte Nova, Ubá e Uberlândia

RIO DE JANEIRO (16): Araruama, Maricá, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis e Rio de Janeiro

SÃO PAULO (106): Americana, Arujá, Atibaia, Avaré, Barueri, Botucatu, Campinas, Embu, Holambra, Indaiatuba, Iracemápolis, Itu, Jaboticabal, Jaguariúna, Lavrinhas, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Monte Alto, Osasco, Pederneiras, Piracaia, Piracicaba, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rio Claro, Salto, Santana de Parnaíba, São Bernardo do Campo, São José dos Campos, São Paulo, Tatuí, Taubaté e Vinhedo

 

SUL (59 representantes de 28 cidades):

PARANÁ (23): Apucarana, Cascavel, Castro, Curitiba, Londrina, Pinhais e Rio Negro

RIO GRANDE DO SUL (7): Caxias do Sul, Erechim, Porto Alegre e Santa Cruz do Sul

SANTA CATARINA (29): Balneário Camboriú, Biguaçu, Blumenau, Brusque, Capivari de Baixo, Chapecó, Florianópolis, Indaial, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Luiz Alves, Palhoça, Piratuba, São Bento do Sul, São José e São Ludgero.

 

O Sertões 2021

A 29ª edição do maior rally das Américas será uma exaltação ao Nordeste. Uma prova 100% sertão. A direção técnica se esmerou em realizar uma prova altamente exigente e ao mesmo tempo deslumbrante, com visuais de tirar o fôlego. Dentre eles, três tesouros nacionais: o entorno do Rio São Francisco, ou velho Chico como é conhecido, que foi onde tudo começou – a primeira edição do que depois viria a ser o Sertões foi chamada de Rally do São Francisco; a Serra da Capivara (PI), patrimônio mundial da Unesco e um terceiro tesouro baiano a ser revelado.

 

 

Comunicação Sertões

Meg Cotrim

11.99182 8180

 

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES