Grandes nomes das pistas são presenças confirmadas para levantar poeira no maior rally das Américas

A exato um mês para a 28a edição do maior Rally das Américas, o grid do Sertões 2020 recebe reforços de peso. Pilotos que competiram nas maiores categorias do automobilismo mundial agora vão se aventurar em terreno desconhecido: Rubens Barrichello, duas vezes vice-campeão Mundial de Fórmula 1 com a Ferrari, recordista de largadas na F-1 (322), 11 vitórias, 68 pódios, 14 poles, campeão da Stock Car; Nelsinho Piquet, 1o campeão mundial de Fórmula E, duas temporadas na F1, pódios e vitórias na Nascar, WEC e Stock Car; Thiago Camilo, segundo piloto em atividade com maior número de vitórias na Stock Car e único a vencer três vezes a Corrida do Milhão; e Felipe Fraga, o mais jovem Campeão da Stock Car, e atual piloto da Mercedes na Intercontinental GT Challenge. O Sertões larga do Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu (SP) dia 30/10 e chega em Barreirinhas (MA) dia 07/11.

As grandes novidades foram anunciadas nesta semana. Segunda-feira, Nelsinho contou que vai correr a bordo de um UTV Maverick X3, da Can-Am. Ontem, terça, foi a vez de uma tradicional equipe da Stock Car, a RMattheis, desembarcar no universo off-road trazendo em sua estreia três nomes consagrados das pistas: Barrichello, Camilo e Fraga, que vão se revezar ao volante do Bugão Giaffone.

Barrichello e Piquet se juntarão a outra “lenda” do automobilismo no seleto grupo de pilotos que acumulam passagens pela Fórmula 1 e correram o Sertões: Ingo Hoffmann. O ‘Alemão’ foi “picado” pelo bichinho da poeira, disputou 5 edições do maior rally das Américas pela equipe Mitsubishi Racing e sagrou-se vice-campeão em 2004. E a aposta é que todas essas feras das pistas também vão se encantar com o Sertões.

 

O QUE ELES DISSERAM:

Nelsinho Piquet

“Meu primeiro contato com off-road foi em expedição com meu pai, de quadriciclo, de Fortaleza a São Luiz, há muitos anos. Depois comecei a frequentar os Lençóis Maranhenses e andei no Can-Am de um amigo. Achei o lugar maravilhoso e o UTV também, tanto que comprei um Can-Am para usar lá. Quanto a participar do Sertões, estou muito motivado. Em mais de 20 anos de carreira competi em inúmeros veículos de corrida, mas nunca em um rali e ainda com um navegador. Será uma experiência inesquecível. Sem contar que é o maior Rally das Américas, conhecido por seus desafios e belezas; e ainda esse ano vai passar por minha cidade, Brasília, e chegar em Barreirinhas, o local que escolhi para ter minha casa de férias e que considero um dos lugares mais bonitos do Brasil”.

Rubens Barrichello

“Estou muito feliz e ansioso por esta novidade. Não pensava em competir em rali, mas confesso que me emocionei por duas coisas: a parte técnica, da tocada do carro, entrosamento com navegador, mas principalmente pelo incrível trabalho social do Sertões. Quero muito fazer parte desta família que leva ajuda fundamental a quem mais necessita em todo Brasil. Eu que tenho o Instituto Família Barrichello sei bem como é lidar com esta situação”.

Thiago Camilo

“Estou super empolgado com este projeto. É uma experiência que começou como uma brincadeira e acabei gostando muito, é uma adrenalina alucinante, só no rally você sente isso a todo momento. O Sertões é um rally conhecido mundialmente e é um sonho participar desta prova. Fico muito feliz de dividir o carro com dois grandes nomes do automobilismo brasileiro. Como farei a primeira parte, espero entregar o carro em ótima posição e condição para eles concluírem bem a prova”.

Felipe Fraga

“Estou feliz demais. O Rodolpho (Mattheis) me falou sobre a ideia há muito tempo e fiquei muito contente que deu certo, podendo dividir o carro com Rubens Barrichello e Thiago Camilo neste super projeto. Sempre ando de UTV e admiro e gosto muito de rali. O Sertões vai permitir que eu realize um sonho de acelerar em meu estado, Tocantins. Estou contando os dias para me juntar a este time incrível, vai ser muito divertido”, completou Fraga.

 

O SERTÕES

Um ano diferente pede um Sertões diferente. O maior rally das Américas se transforma no “Rally da Solidariedade”. A 28ª. edição da prova traz adaptações relevantes nas suas três dimensões: Esporte, Social e Turismo. A missão este ano é levar acesso à medicina de qualidade e fomento econômico para as comunidades remotas e carentes do Brasil. A ação social do Sertões está focada em dois pilares: 1. Saúde: a instalação de unidades de teleatendimeto médico gratuito de qualidade, projeto inovador desenvolvido pelo SAS Brasil; 2. Legado econômico: Ação coordenada com o SEBRAE em apoio a campanha ‘COMPRE DO PEQUENO’. Aquisição de cestas básicas de pequenos produtores locais que serão distribuídas nas regiões, aos que estão sem trabalho e renda, além de todo abastecimento das Bolhas Sertões. O lado competitivo da prova foi adaptado e traz um protocolo de segurança especial com 10 medidas. A caravana ficará isolada em bolhas durante o percurso, em acampamentos fechados. Já a dimensão Turismo, que revela lugares que pouca gente conhece, foi postergada para 2021.

 

Comunicação Sertões

Meg Cotrim

11 99182 8180

Alexandre Salvador

11 99625 1054

Leave A Comment

ASSISTA AO MANIFESTO SERTÕES 2020

CONFIRA O VÍDEO DO SERTÕES NA MÍDIA NO LANÇAMENTO DO ROTEIRO 2020