competição

O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, resiliência, velocidade e tecnologia.

Os pilotos costumam homenagear uma competição dividindo o mundo entre os que já participaram delas e “os outros”. Frente aos maiores desafios do esporte apenas a oportunidade de participar já é uma honra. O SERTÕES é uma dessas provas. Os vencedores das 26 edições em todas as categorias não se sentem superiores aos outros concorrentes. Todos sabem que quem completa o SERTÕES é diferente, vença ou não.

O grande desafio competitivo do SERTÕES é o roteiro. Oito dias de prova com muito calor, especiais longas, etapa “Maratona” em alta velocidade para uma prova tão longa. O desafio SERTÕES exige enorme preparo físico e muita resiliência por parte dos pilotos. A preparação mental é chave para quem quer completar a prova.

Completar o SERTÕES exige ainda nota “10” em navegação e engenharia mecânica: A navegação volta a ser uma dificuldade extra para os pilotos de todas as categorias. A resistência do equipamento, qualidade do suporte mecânico seguem sendo requisitos básicos.

“Completar o SERTÕES exige ainda nota “10” em navegação e engenharia mecânica: A navegação volta a ser uma dificuldade extra para os pilotos de todas as categorias. A resistência do equipamento, qualidade do suporte mecânico seguem sendo requisitos básicos.”