O Evento Histórico
Realização Dunas Race
A partir de 1996 o Rally dos Sertões começou a moldar sua configuração profissional. Foi criada a empresa Dunas Race, tendo como meta formatar uma estrutura empresarial e moderna exclusivamente para o evento, envolvendo, neste primeiro ano de administração, mais de 300 pessoas na organização. A entrada de novos colaboradores e sócios permitiu essa mudança. Fortaleza, capital do Ceará, foi o destino final da prova, desta vez com mais de cinco mil quilômetros e 54 inscritos nas motos e 23 carros do Brasil e do exterior.

Dado o primeiro e importante passo, a Dunas Race começou a incrementar o rali em todos os seus segmentos. A partir de 1997, graças ao novo perfil do evento, comandado pelo empresário Marcos Ermírio de Moraes, a iniciativa privada e a mídia passaram a se interessar pelo rali.

Nas quatro edições seguintes (1998, 1999, 2000 e 2001), o Rally Internacional dos Sertões só fez crescer. Novos patrocinadores, maior número de pilotos em todas as categorias, a criação da categoria Caminhões (1999/2000), divulgação no exterior, maior divulgação nacional, entre outros fatores, consolidaram a disputa para o novo milênio.

Completando anos de vida em , o Rally dos Sertões tornou-se uma plataforma de importantes interesses para o país e hoje é considerado um evento completo reunindo competição, turismo, economia, responsabilidade social e ambiental, além de ocupar a posição de maior evento off Road do mundo, dentro de um único país.
Sertões nas
redes sociais

Sites relacionados: Dunas Race: www.dunas.com.br | Dunas Media: www.dunasmedia.com.br